O elogio e seus benefícios

Em tempos de conflitos, era digital, bombardeio de informações, muitas vezes podemos de deixar de praticar a arte do elogio.

Gosto muito do seguinte pensamento de Sigmund Freud: “Podemos nos defender de um ataque, mas somos indefesos a um elogio.”

Elogios quebram barreiras emocionais. Por isso, antes de criticar, elogie.

Quando você elogia alguém querido que te magoou você desarma essa pessoa. Ela passa a pensar diferente, sai da posição de ataque, recua, começa a pensar com clareza. A partir disso, uma conversa, em tom agradável, cada qual colocando seu ponto de vista com respeito, pode levar à solução de diversos problemas.

Nos momentos de estresse dizemos coisas que não queremos e ferimos principalmente as pessoas que mais amamos.

A crítica excessiva e agressiva não leva a lugar algum. Ao contrário, se você for uma pessoa agressiva e altamente crítica, perderá a razão nos seus argumentos. O outro não te ouve, cria-se um bloqueio mental. O elogio, como já mencionei, desarma, abre a mente da outra pessoa.

Alguns podem pensar que fazer um trabalho bem feito é apenas obrigação, logo não acham que devem fazer elogios. Por outro lado, quando se trata de cobranças, elas sempre existem. Quando cometemos um erro, somos chamados à atenção rapidamente.

No mundo de hoje parece cada vez mais raro receber elogios, como também elogiar.

Podemos até admirar algumas pessoas, mas acabamos guardando essa admiração para nós. Isso pode ser fruto de certo egoísmo ou até mesmo devido à correria do dia a dia.

É tanta coisa para dar conta. Encontramos uma pessoa querida e deixamos de dizer o quanto ela é especial. Muitas vezes queremos dizer que estamos com saudade, que a pessoa é importante. Acabamos fazendo promessas do tipo que vamos aparecer para uma visita, vamos ligar.

No fim, não cumprimos tais promessas. Perdemos a oportunidade de dividir coisas muito boas, de compartilhar, de semear. Mas o que deixamos de refletir é que podemos não ter a mesma oportunidade novamente.

Também pelo fato de não sermos satisfatoriamente elogiados, passamos a achar que isso é normal.

O ser humano precisa de elogios sim. Isso torna a vida mais leve. É muito bom e incentivador receber palavras bonitas.

O elogio traz um sentimento de ser valorizado, o que nos dá força para continuar fazendo o melhor, quer seja para a família, para a sociedade, para a empresa na qual se trabalha.

Outra questão importante é que algumas vezes deixamos de dizer sobre a nossa admiração aos nossos entes queridos. Não porque os deixamos de admirar, mas porque a convivência nos fez acostumar com tudo de bom que o outro representa. Deixamos de externar essa admiração.

O quão bom é ouvir um elogio ou agradecimento pelo café da manhã que preparamos ou pelo jantar que fizemos. Ora, se gostamos de ouvir, também devemos praticar a arte do elogio.

Acredito que também é preciso saber receber elogios, tomando o cuidado para não adotarmos uma postura de superioridade, mas compreender que ser elogiado não é motivo de constrangimento.

Elogiar com sinceridade no começo pode parecer um pouco desconfortável para alguns, já que não estão acostumados, mas com a prática isso é incorporado naturalmente na vida diária.

É sinal de confiança dizer que outra pessoa é competente, bonita, inteligente. Não meça esforços para elogiar alguém.

Se quiser iniciar o dia bem, ofereça elogios sinceros e receba imediatamente sorrisos!


Bianca Rosenthal

8 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Desatando nós

Recentemente deparei-me com uma situação que fiz questão de resolver. Algumas de minhas correntinhas e pulseiras estavam todas emboladas, ch

Aquarela da vida

Gosto muito de metáforas, parábolas e reflexões paradoxais. Já escrevi alguns artigos comparando a vida com a música, com a dança e com a metamorfose das borboletas. Amo as artes! Hoje eu vou comparar

© 2019-2020 All Rights Reserved - Bianca Rosenthal - São Paulo - Brasil | By Bittencourt Branding